terça-feira

SANTO DOMINGO NA REPÚBLICA DOMINICANA

Primeira Capital das Américas, Santo Domingo é uma cidade que apresenta uma infinidade de atrações, que vão desde monumentos tombados como Patrimônio da Humanidade até praias belíssimas com águas cristalinas. Combinação perfeita para quem gosta de associar aprendizado e diversão na mesma viagem.
 Possui uma riqueza histórica imaterial, com a sua famosa ZONA COLONIAL, às margens do Rio Ozama, onde foi assentada a primeira cidade do Mundo Novo em 1496, quatro anos depois da chegada de Colombo na região. 
 Mas Santo Domingo não é só beleza, apresenta um transito caótico, a cidade é muito suja e fora da Zona Colonial, bastante violenta. É uma mistura rica de gente alegre e acolhedora, apesar dos problemas sociais e econômicos que enfrenta. Portanto, evite sair das áreas mais turísticas, principalmente à noite.
 Parque Colón em Santo Domingo.
Mas mesmo assim, vale muito a pena visitar, tomando as precauções que devemos tomar em qualquer cidade grande. A zona colonial, por ser muito turística e tombada pela UNESCO, é bastante segura, com policiais por toda parte. Recomendamos se hospedar na região.
 Lateral da Catedral Primada das Américas (a primeira do Novo Mundo).
Na Zona Colonial há muita coisa para ver, muitos prédios históricos, praças animadas com bares e restaurantes, apresentações culturais, passeios de bicicletas e charretes e uma infinidade de lojinhas de artesanatos. 
 Catedral Primada das Américas.
Três dias completos são suficientes para conhecer com calma os pontos mais importantes da Zona Colonial e ainda dar uma esticadinha até a praia Boca Chica, a mais próxima de Santo Domingo (na capital não há praias propícias para banho).
Prédio Histórico: Panteón Nacional.
O Panteon Nacional é uns dos vários prédios históricos de "visita obrigatória" para quem caminha pela Zona Colonial. Tem troca da guarda todos os dias ao meio-dia.
 Forte Ozama.
Localizado na Calle Las Damas, o forte Ozama ou Fortaleza de Santo Domingo é uma fortificação militar, que foi construída em 1502 para proteger a nova cidade durante a colonização. É a construção militar mais antiga das Américas.
Lateral do Forte Ozama e o Rio Ozama ao fundo.
 Alcázar de Colón, moradia do filho de Cristóvão Colombo.
É um palácio situado na Praça Espanha, onde morou Diego Colón (filho de Cristóvão Colombo) e sua família durante o estabelecimento da cidade. Hoje funciona como museu e vale muito a pena visitar.
Interior do Alcázar.
Calle Las Damas.
Calle Las Damas, a primeira rua do Novo Mundo, onde as damas da corte espanhola passavam com suas indumentárias pesadas, que destoavam do calor do Caribe. É a rua mais importante da Zona Colonial.
Farol de Colombo.
O Farol de Colombo é o museu das Américas e fecha aos domingos, por isso não deu para visitar por dentro. O Parque Nacional Tres Ojos e o Farol ficam situados fora da Zona Colonial, e seguindo instruções de pessoas locais, decidimos contratar um taxi que nos levasse para ambos locais e nos esperasse durante nossa visita (saiu muito mais barato que ir com agência e muito mais seguro que sozinhos).
O Parque Nacional Tres Ojos é assim chamado por causa dos Cenotes de águas profundas que existem no mesmo. Os cenotes são formações geológicas subterrâneas cheias de água, que podem ser cristalinas ou não, dependendo da formação do  solo.
Cenote de água cristalina.
Cenote de água verde-esmeralda.
Com exceção dos cenotes, não há muito o que ver no Parque. Uma visita de uma hora já é mais que suficiente.
Outro cenote de água cristalina.
No outro dia, decidimos conhecer a praia Boca Chica, que fica a uns 30 km de Santo Domingo. Para isso, tomamos um transporte local chamado Guagua (um micro-ônibus), que faz bate-volta até a praia. O guagua vai parando pelo caminho (tipo lotação) e chega em Boca Chica em aproximadamente uma hora de viagem.
Boca Chica.
Boca Chica é linda com águas tranquilas e mornas. Como fomos em uma segunda-feira, o fluxo de turistas era bem menor e as pessoas locais aproveitam para fazer piqueniques e passar o dia. Bom para o visitante que gosta de conhecer os costumes locais.
Recomendamos alugar sombreiro e espreguiçadeiras em um dos bares da praia. Músicas caribenhas são tocadas em TODOS os bares ao longo da areia. O lugar é muito legal.
Aproveite para provar o famoso peixe frito à moda Boca Chica com tostones (banana frita). É típico do local e uma delícia! 

Tostones (banana frita) com peixe frito.
Não deixe de provar a culinária regional, com o mofongo, sancocho, tostones, habichuelas, e o peixe à moda Boca Chica, que é uma delícia. Prove a cerveja Presidente, o licor Mamajuana e o rum dominicano também.

Emfim, valeu muito a pena ter conhecido Santo Domingo, pois como dissemos antes, conseguimos na mesma viagem unir aprendizado com diversão. Tomando os cuidados necessários, dá sim, para desfrutar bastante o local, que é rico na culinária, na cultura, na História e no seu povo, alegre e descontraído.

VEJA TAMBÉM:
PUNTA CANA NA REPÚBLICA DOMINICANA
ILHA DE SAN ANDRÉS NA COLÔMBIA
PLAYA DEL CARMEN NO MÉXICO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ESTE ESPAÇO É SEU. SINTA-SE À VONTADE!!! COMENTE, PERGUNTE, CRITIQUE, PARTICIPE!!!