terça-feira

PARIS NO INVERNO COM PALÁCIO DE VERSALHES

Saímos do aeroporto de Guarulhos/SP, fizemos uma escala em Portugal e chegamos no aeroporto de Orly em Paris no dia seguinte pela tarde. Contratamos um serviço de transfer em uma van para o hotel, mas pegamos um certo engarrafamento. Uma expectativa sem igual, afinal estávamos na Cidade Luz!!!! Chegamos às 18:00 no hotel e logo saímos para comer alguma coisa. Estávamos mortos de cansaço, quase 24 horas de viagem, então decidimos dormir cedo para aproveitar melhor o dia seguinte.
 Jardim do Palácio de Versalhes.
No dia seguinte, acordamos às 6:20 da manhã, nos arrumamos e saímos para o café. Ótimo!!! Tinha tanta coisa que eu nem conhecia. Fui experimentando de tudo um pouco, afinal, tínhamos que estar bem abastecidos para o dia longo que viria pela frente.
Salão dos cristais - Palácio de Versalhes.
Saímos para conhecer o Palácio de Versalhes. Lugar lindo, maravilhoso, muiiiiiito luxuoso!!! Passeamos por todo o palácio cheio de cristais, vimos peças em ouro e quadros famosos, conhecemos os aposentos de Luís XV, Napoleão, Catarina de Médicis, etc., até chegar ao jardim, que era gigantesco!!! Tiramos várias fotos com a máquina dando "tilt" o tempo todo por causa do frio (esfriavam as pilhas), que era de 2 graus. Parece pouco, mas a sensação térmica era muito pior. Ficamos no palácio até ao meio dia.
Salão do Palácio de Versalhes.

Lago no Jardim do Palácio de Versalhes.

Outra do Jardim gigantesco.
Voltando para Paris, fomos para Rue Rivoli onde havia muitas lojas, restuarantes e lanchonetes. Depois do almoço, resolvemos dar uma volta a pé e sem querer, acabamos descobrindo que estávamos na lateral do Museu do Louvre!!! Chegamos na entrada do museu e vimos bem na frente deste, o Arco du Carrosel. Confesso que senti uma emoção danada!!! Pena que estava choviscando.
Rue Rivoli.
Não entramos nesse dia no museu, pois já havíamos agendado o city tour às 14:00. Passeamos por toda a cidade, conhecemos a Champs Elisée, Catedral de Note Dame, Jardim das Tulierries, Place Vendome, o Palácio dos Inválidos (onde Napoleão foi enterrado), até chegar na Torre Eiffel. Maravilhosa!!!! Na volta, ainda passamos no Arco de Triunfo. Adoramos tudo!!
Acho que este é o antigo cooper. Será mesmo?
Torre Eiffel.
Voltamos ao hotel, descansamos um pouco e nos arrumamos para conhecer o Bairro de Montmartre. Pegamos o funicular para a parte de cima do bairro, onde fica a Igreja Sacré Coeur. Lá no bairro, fomos jantar em um bistrô francês (de verdade!! kkk) muito elegante (Chez Eugène), onde pedimos uma comida com um nome impronunciável, que nada mais era um picadinho de carne!! Mas estava divino!!!! E assim, acabou o dia.
Montmartre.
Catedral de Sacrè Coeur em Montmartre.
No dia seguinte, saímos às 8:00 para conhecer o Bairro Latino e a Catedral de Notre Dame por dentro. Passeamos pelas ruas estreitas do Bairro Latino com suas casas de mais de 200 anos. Gostamos muito de tudo que vimos por lá.
Bairro Latino - casas com mais de 200 anos.
Fomos para a Catedral e aprendemos muitas coisas sobre sua construção e manutenção através dos séculos, vimos seus vitrais de 800 anos, vimos também o órgão gigantesco e ouvimos histórias sobre o corcunda de Notre Dame, que na verdade, nunca existiu. Só no romance de Victor Hugo.
 Catedral de Notre Dame.
Fachada da Catedral.
 Depois, fomos para o cais do rio Sena e pegamos o Bateaux Mouche para fazer um minicruzeiro para conhecer a cidade por outro ângulo: à partir do barco. Esse minicruzeiro foi lindo, bem romântico, mas estava um frio danado!!!! O rio Sena é bem escuro, mas garantiu o guia que não é poluído. País desenvolvido é assim mesmo.
Bateaux Mouche - Rio Sena.
 Bateaux Mouche, minicruzeiro pelo rio Sena.
O dia seguinte foi reservado para conhecer o Museu do Louvre por dentro. Antes de entrar, ficamos passeando pelo Jardim das Tulierries e pelas redondezas. Conhecemos a escultura de Rodin "O pensador", muito famosa no mundo todo. Estava frio, mas lotado de turistas do mundo inteiro.
Frente do Museu do Louvre.
Rue Rivoli e a lateral do Louvre ao fundo.
Almoçamos em um Mc Donald's na Rue Rivoli e entramos no museu logo em seguida para não perder tempo. Não teve fila para entrar, pois era baixa estação (inverno). Lá dentro, começamos pelas pinturas italianas da época do Renascimento. Vimos a Virgem das Rochas, o Nascimento da Vênus e a Monalisa. Meu Deus, que emoção!!!!
A Monalisa é tão pequena!!!
Múmia.
Depois, saímos à procura das peças mais conhecidas e achamos a Vênus de Milo, a Esfinge, múmias de várias épocas, sarcófagos, jóias egípcias, estátuas egípcias, francesas e italianas. Tudo bem catalogado e organizado, que com o mapa do museu, foi fácil encontrar.
Egito antigo.
Tentamos conhecer a maior quantidade de coisas que pudemos, visto o tempo reduzido, já que chegamos às 12:40 e o museu fechava às 18:00. Vimos até a pirâmide invertida!! Me senti no filme "Código da Vinci".
Essa é a Vênus de Milo, símbolo da beleza.
Saindo de lá, demos mais umas voltas ao redor do Louvre e do Arco do Carrossel, pegamos o metrô, que nos embananamos um pouco para acertar, e voltamos ao hotel. Jantamos em um restaurante Árabe bem legal, que ficava a poucos metros do hotel.
Arco do Carrossel.
Passamos pouco tempo em Paris nesta ocasião, mas deu para ver muita coisa interessante, que normalmente a gente vê em filmes ou em livros. Vai deixar saudades...

CONFIRAM TAMBÉM AS POSTAGENS:
PARIS/FRANÇA NO VERÃO
FOTOS DE PAISAGENS PELO MUNDO AFORA

6 comentários:

  1. Você perguntou de o corcunda de Notre Dame estava solteiro? kkkkkkkk
    Quanto à Monalisa, eu já sabia que era um quadro bem pequeno, 30x40cm, eu acho. Adorei a foto em que parece que você está segurando a Eiffel com as mãos.
    É verdade que os franceses não tomam banho ou fedem a perfume?? Ouvi dizer que eles passam dias sem banho... haja perfume francês!!!! kkkkk
    Adorei o relato!!!!!!!! Estou esperando ansiosamente pelo próximo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá viajante!!!!
    Como estudante de História gostaria muito de visitar o museu do Louvre. Me identifico muito com Grécia e Egito. Parabéns pela viagem.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo11:11

    Conheço o museu do Louvre e acho que um dia apenas não é suficiente para se conhecer pelo menos as obras mais famosas. A gente sai de lá com a impressão que falta conhecer algo que ficou pra trás.
    Mas a verdade é que Paris é realmente inesquecível!!!!! A melhor cidade que eu já visitei até hoje.

    ResponderExcluir
  4. Fran09:15

    Adooooreiiiiii Paris! Achei uma cidade encantadora. Muita arte e romantismo no clima da cidade.

    ResponderExcluir
  5. Concordo plenamente. A cidade tem um clima diferente, deixa o visitante fascinado. E olha que passamos poucos dias lá, o que foi uma pena. Acho que se a pessoa passar 1 mês, ainda sai de lá com gosto de quero mais. rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  6. Os detalhes da arquitetura me impressionaram muito.Só achei que os franceses são muito barristas em relação à língua. Eles não gostam que falemos em inglês com eles, principalmente os mais velhos, e às vezes isso atrapalha muito.Como é um país extremamente turístico, essa reação deles é absolutamente deselegante. Mas o país é incrível!!!!!

    ResponderExcluir

ESTE ESPAÇO É SEU. SINTA-SE À VONTADE!!! COMENTE, PERGUNTE, CRITIQUE, PARTICIPE!!!