sexta-feira

BUENOS AIRES NO VERÃO


Saímos do aeroporto internacional de Salvador na sexta-feira pela manhã para passar um final de semana prolongado em Buenos Aires. Chegamos lá à noite e pegamos um taxi para o hotel. Ficamos hospedados em um hotel bem legal na avenida 9 de Julio, bem perto do Obelisco. A cidade não é grande como São Paulo ou Rio, mas bastante movimentada. Saímos para jantar logo depois do check in no hotel. Comemos pizza para variar.
Hotel bem localizado na avenida 9 de Julio.
Demos uma volta pela avenida e chegamos ao obelisco para tirarmos algumas fotos. Já passava das 20:30 e o sol ainda estava brilhando!!! Era horário de verão e um calor de matar. Eu não esperava tamanho calor, daqueles que te irritam, pois não venta. Tomei uma cerveja Quilmes de 1 litro em um dos bares que colocam suas mesas ao longo da avenida. Estava cheio de gente, fervendo, afinal era sexta!! Ficamos um tempo lá e voltamos para o hotel.

Obelisco símbolo de Buenos Aires.
Avenida 9 de Julio.
No dia seguinte, depois do café, fomos descobrir as maravilhas da capital Argentina e começamos pela Floralis Genérica, que é uma flor imensa feita de inox que embeleza o bairro da Recoleta. Adoramos!!!

A Floralis Genérica.
Flor feita de aço inox.
 
Faculdade de direito.
Demos um tempo por lá, fomos ao Museu de Arte Moderna, ao Shopping Buenos Aires, ao Cemitério onde está enterrada Evita Perón. Tiramos fotos até do cemitério, que é considerado ponto turístico da cidade, pois lá encontra-se o túmulo de Eva Perón, a mãe dos pobres para os argentinos.

Frente do Convento da Recoleta.
Túmulo de Evita Perón. 
O cemitério passou a ser ponto turístico.
Almoçamos pancho (cachorro quente) com coca-cola na praça em frente ao cemitério e resolvemos andar pela cidade. Passamos pelo Shopping Buenos Aires, mas não entramos, preferimos sentar no gramado em frente a este shopping.

Shopping Buenos Aires no bairro da Recoleta.
À tarde, fomos para a Calle Florida para passear e comprar lembrancinhas. Lanchamos no shopping da rua Florida, compramos também vários vinhos em um supermercado próximos de lá, então voltamos para o hotel, pois ficou pesado...
Decidindo para onde ir depois de comermos o "pancho".
Saímos de novo e dessa vez, fomos para Puerto Madero para conhecer um dos bairros mais charmosos de Buenos Aires e sua Ponte da Mulher, mas achamos os restaurantes de lá muito caros.
Puerto Madero.
Jantamos por lá mesmo em um dos que enfiavam menos a faca. Depois, ficamos passeando a pé pelas redondezas. Adoramos tudo por lá. Pegamos um taxi e voltamos para o hotel. Fim do dia...
 Plaza 25 de mayo.
Na manhã seguinte, resolvemos conhecer a Casa Rosada , a Plaza 25 de mayo e a Catedral de Buenos Aires. Ficamos por lá um bom tempo fotografando e observando a movimentação na praça. Há muitos ambulantes por lá.
Lateral de Casa Rosada.
 A casa rosada não é rosa.
Saímos de lá direto para o Bairro boêmio de La Boca e seu Caminito. Adorei tudo por lá!!!!!! As casinhas coloridas, o sósia do Maradona, os bares com mesas nas calçadas, as lojinhas... Tomei um bocado de chopp por lá. Os argentinos adoram cerveja!!!! E eu também, é claro.
 Bairro La Boca.

Bairro La Boca, cheio de turistas e bares.

Casas coloridas, típicas do Bairro La Boca.
Voltamos para o hotel, pois à noite, iríamos para um jantar chiquérrimo com show de tango (contratamos no hotel um serviço de transfer para o show com direito a jantar e bebidas), no restaurante La Ventana.
 Cena y show - jantar temático. Tango originalíssimo!
Assistir um tango de verdade, na terra de quem o inventou é o máximo!!!!! Depois do jantar, que tinha entrada, prato principal e sobremesa, regado à vinho da casa, começou o tão esperado show. Na verdade, eles são tão dramáticos que parece até teatro. Adoramos!!!!!!  Restaurante La Ventana.
 Pedimos picanha argentina como prato principal.
Preciso fazer esse comentário: os argentinos tratam muito bem os brasileiros!!! Achei que eles seriam esnobes e ríspidos com a gente, mas felizmente, me enganei. São muito delicados e atenciosos. Fomos sempre muito bem recebidos em todos os lugares que fomos. Na verdade, as brincadeiras entre argentinos e brasileiros são saudáveis, nada agressivas.
O famoso Carlos Gardel, um dos cantores preferidos de meu avô.No dia seguinte, na segunda, saímos sem rumo a pé pela cidade. Fomos para a Calle Florida novamente e compramos muitas lembrancinhas, camisetas, bonés e resolvemos andar até o final da Av. 9 de Julio. Conhecemos o Teatro Colón (um dos cinco mais importantes do mundo) e resolvemos parar para almoçar em um dos bares da mesma avenida. Estava tão quente que a cerveja descia feito água.

 Buenos Aires é considerada a cidade mais europeia da América do Sul.
Frente da Casa Rosada.
Voltamos para o obelisco e tiramos mais fotos, andamos pela Avenida Corrientes e cheios de sacolas, resolvemos voltar para o hotel. Arrumamos as malas, saímos para jantar em uma cantina bem legal na Corrientes, voltamos ao hotel e pegamos o taxi para o aeroporto.
Como em um tango rasgado, meu coração estava partido por deixar a cidade.

CONFIRAM TAMBÉM:
BUENOS AIRES NO INVERNO
FOTOS DE PAISAGENS PELO MUNDO A FORA

10 comentários:

  1. Anônimo18:01

    Muito bom!!!!!!!!!!!!!!!!!! Gostei do relato.

    ResponderExcluir
  2. Ficamos muito felizes por ter gostado. Sinta-se em casa!!!!!
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Rubinho20:55

    Como é o tratamento que os argentinos dão aos brasileiros?? Esse lance da richa entre nós é verdadeira?

    Abração.

    ResponderExcluir
  4. Oi Rubinho.

    Há uma brincadeira saudável entre nós, mas nada que seja agressivo. Fomos muito bem tratados em todos os lugares que visitamos. Não tenho nada a reclamar. rsrsrs

    Abração

    ResponderExcluir
  5. Acabei de voltar de B. A. e não gostei dos argentinos com seu ar de superioridade. Eles deveriam agradecer pela cidade estar cheia de brasileiros gastando muito dinheiro por lá!!!!!Atendem com má vontade e preguiça.

    Beijão Rose e Adilson

    ResponderExcluir
  6. Olá,desde que descobrir seu blog através de pesquisa pela net,sempre passo para dar uma olhada nas fotos de voces,tudo muito lindo!
    Tenho uma dúvida quem sabe podem me ajudar,meu esposo quer ir vistar Buenos Aires,mas não quer pagar esses pacotes com agencias,ele que ir por conta,mas eu tenho medo,nunca sair do país,mal falo a nossa lingua, gostaria de saber a opinião de voces sobre isso,é perigoso??

    ResponderExcluir
  7. Olá Elis.
    Não vejo o menor problema em vocês irem por conta própria. A lingua não é tão diferente assim, dá pra se virar no portunhol. Indo com pacote é mais confortável, mas em compensação, paga-se muito caro por esse conforto, porque é tudo por pessoa, inclusive a hospedagem.
    Confie em seu esposo, ele está certo!!!
    Em questão de segurança, tome os mesmos cuidados básicos que você toma em qualquer cidade grande. No mais, aproveite!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Olá Rose e Adilson,
    Como prometido, vim aqui falar um pouco também dos pontos de BsAs =)
    Então... como você disse acima, Puerto Madero realmente é um lugar muito turístico e, por isso, muito caro... quando fui, ainda experimentei 3 restaurantes porque estava hospedada bem perto, mas não achei que nenhum valeu a pena.. foram o Cabana Las Lilas (extremamente caro), o Brasas Argentinas (espécie de churrascaria a rodízio entupiiido de brasileiros, mas a carne não era tão saborosa) e um bar que, se não me engano, o nome é Bulldog onde o chopp era bom e as garçonetes vestem roupas de lider de torcida bem... "ousadas" meu namorado gostou! kkkkkkk
    Bom, as grandes descobertas gastronômicas de BsAs foram na verdade duas: Restaurante Don Julio (esquina da cl. Guatemala com Gurruchaga no Bairro Palermo Soho) lá a decoração é feita com garrafas de vinhos que os clientes consomem e podem assinar o rótulo; a outra foi a pizza do Ugi's (a que fomos era na cl. Paraguay, mas pelo que entendi é uma rede que tem pontos espalhados em toda cidade), então... ugi's é uma pizzaria que só sai pizza de mussarela! - a versão incrementada é com orégano e pimenta calabresa kkkk - mas vale super a pena! é muito saborosa e custa algo como 10 pesos uma pizza pra 2!
    Ah! quando forem comer carne, indico dois cortes: ojo de bife e matambre de cerdo, são extremamente saborosos! Ainda mais se comer com chimichurri (molhinho de ervas no azeite meio picante).
    Com relação a passeios e tal.. vc já falou dos mais conhecidos... mas indicaria também uma visita ao Jardim Japones (fica bem perto do Rosedal e do Zoo, da pra fazer td em um dia, apesar de ser meio cansativo) e uma ida a San Telmo, de preferência dia de domingo, que é quando tem a feira de antiguidades. Lá também tem muitos barzinhos legais, que dá pra tomar um vinho em conta ou uns chopps... o que fui eu gostei muito.. chama Café del Árbol.
    Em geral, acho que é isso... foi mal se me extendi um pouco! kkkkk
    Bjoos e boa viagem!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aninha, EXCELENTES DICAS!!!!!! Prometo que vou aproveitar pelo menos duas ou três delas.
      Muito obrigada.

      Excluir
    2. Ana, obrigado pelas dicas, já anotamos em nossa programação. No Café del Árbol, iremos com certeza!!!!! Abração.

      Excluir

ESTE ESPAÇO É SEU. SINTA-SE À VONTADE!!! COMENTE, PERGUNTE, CRITIQUE, PARTICIPE!!!