domingo

PARIS NO VERÃO

De baixo da Torre Eiffel.
Chegamos em Paris às 11:00 h cansadíssimos e depois de pegarmos as malas, nos dirigimos ao transferista, que já estava nos esperando. Contratamos este serviço no Brasil. Que boa ideia, pois estávamos realmente esgotados. O hotel era o máximo, quatro estrelas, mas absolutamente longe de tudo. kkkkkk Não se pode ganhar todas!!! kkkkkkkk Como havíamos feito um lanche no avião e tínhamos barras de cereal na mala, resolvemos comê-las, dormir um pouco e depois sair para comer alguma coisa mais substancial. Dormimos feito pedras. Acordamos às 20:30 h, nos arrumamos e saímos para jantar.
Restaurante L'Olivier.
Achamos um restaurante italiano bem legal próximo ao hotel. Restaurante L'Olivier. Comida boa, que comemos na calçada, naquelas mesinhas que a gente vê nos filmes. Ficamos conversando e demos uma boa caminhada pela vizinhança, pois ainda era dia claro. Voltamos às 23:30 para o hotel e cama!!!!!
No dia seguinte, acordamos cedo e saímos logo para o café. Pegamos uns mapas da cidade e do metrô, que em Paris é facílimo de andar, e rua!!! Decidimos começar pela Torre Eiffel. Chegamos lá em uns 20 minutinhos, mas tinha uma multidão de gente!!!!!!!! Uma fila quilométrica para subir na torre. Resolvemos encarar e passamos 2 horas esperando a nossa vez. rsrsrsrs Valeu a pena!!!! Paris é uma cidade lindíssima!!!! Ficamos um tempão lá no topo fotografando, depois descemos para o 1° estágio, tiramos mais fotos e resolvemos descer pelas escadas. Cheguei lá em baixo com as pernas tremendo kkkkk Como estava muito legal, resolvemos ficar pela região, então subimos para o Palais de Chailot (conhecido como Trocadero), onde estava tendo um festival de basquete, para fazer nosso piquinique. Vista maravilhosa!! Meu marido pulando de alegria.
Estendi a minha canga de praia, lanchamos, observamos as pessoas, ficamos umas 2 horas sentados só na maresia. Depois, desarmamos o circo e fomos caminhar pelo Campo de Marte. Nossa, estava lotado de gente deitada na grama tomando sol, fazendo piquinique também, lendo, enfim, se divertindo ao seu modo.
Resolvemos continuar andando. Passamos pela Escola Militar até chegar ao Les Invalides e foi bem rápido chegar. Tiramos muitas fotos pelo caminho. Fotografamos também a cúpula onde Napoleão Bonaparte está enterrado. Havia no jardim do Les Invalides uma exposição de Citroen. Cada carro!!! Dia lindo, cidade linda!!!
Como o dia estava lindo, resolvemos continuar caminhando. Passamos pela Ponte Alexandre III (linda com anjos dourados nos quatro cantos), seguimos até a Praça da Concórdia, que infelizmente estava com tapumes, pois estavam preparando a festa em comemoração à independência da França. Resolvemos entrar no Jardim das Tullieries. Que jardim lindo, lotado de flores e gente. Resolvemos fazer piquinique de novo e sentamos para comer e ver o povo. Ficamos descansando um pouco.

 Campo de Marte e meu marido dando uma de engraçadinho. kkkkk

Resolvemos ir para a Champs Elysses. Pense na caminhada!!!!! Foi a melhor parte, pois a Champs é lotada de lojas, cafés, bares, restaurantes e de GENTE!!!! Tinha gente do mundo todo lá. Resolvemos tomar alguma coisa em um dos cafés que colocam suas mesas na calçada só para ver a movimentação das pessoas. De lá, pegamos o metrô novamente para o hotel. Nos arrumamos e saímos para jantar no restaurante que fomos no dia anterior. Esse dia foi nota mil!!!!!
Passeio de barco pelo Rio Sena.
No dia seguinte, saímos do hotel um pouco mais tarde. Pegamos o metrô em direção à Torre Eiffel, pois queríamos pegar o Bateaux Bus (um barco que faz o minicruzeiro pelo rio Sena e a pessoa sobe e desce nas paradas que desejar). Achei o barco desconfortável, pois não há cobertura e o sol estava muito quente. Descemos na parada da Catedral de Notre Dame (Nossa Senhora).
Catedral de Notre Dame. Será que o corcunda está lá???? kkkkk
Uma fila quilométrica para entrar na igreja. Gente pra caramba!!!! Ainda bem que não pagava para entrar. kkkkkk A catedral estava lotada por dentro, tínhamos que andar como numa procissão. Tiramos várias fotos, mas não demoramos muito. Pegamos o Bateaux Bus de novo e descemos no Jardin des Plants, mas desistimos de entrar no Zoo, gente demais. Voltamos para o barco e fizemos a volta completa pelo Sena. Descemos na região da Torre Eiffel e comemos por lá.
A Catedral de Notre Dame tem estilo gótico, muito bonita mesmo.
Pegamos o metrô para a Champs Elysee para tirar mais fotos do Arco do Triunfo. Passamos pelo subterrâneo da Praça Charles de Goulle e saímos bem embaixo do arco. Um monumento lindíssimo, cheio de detalhes. Arco do Triunfo. Monumento lindo, cheio de detalhes.
Depois do Arco do Triunfo, resolvemos ir à Montmatre, um bairro boêmio e muito característico de Paris. Pense num lugar legal, cheio de restaurantes, bares, artistas plásticos, lojinhas, etc. Resolvemos entrar primeiro na Igreja de Sacrè Coer (Sagrado coração). Bonita por dentro e lindíssima por fora. Passeamos pelo bairro e resolvemos jantar.
 Escolhemos um restaurante com preços convidativos. Comemos ravioles de queijo de entrada e beouf Borguinon de prato principal acompanhados de vinho tinto. Comemos com calma, conversamos e rimos bastante. Ah, tomamos sorvete de sobremesa. Ficamos mais algum tempo e voltamos felizes para o hotel, onde tomamos banho de piscina para relaxar. Chique heim???????
Igreja de Sacrè Coer. Bonita por dentro e lindíssima por fora.
No dia seguinte, resolvemos ir ao Stade de France, o fatídico estádio onde o Brasil perdeu a final da Copa para a França em 1998. Lembra?????? O Estádio fica em Saint Denis, numa cidade fora de Paris. Facílimo chegar, o metrô é maravilhoso!!!!! No estádio, pegamos uma visita guiada com um guia indiano que nos levou para conhecer os espaços internos. Achamos tudo tão simples!!!!! Stade de France.
Vimos tudo por dentro, até o vestiário. Não há luxo, é tudo simples, mas eficiente. Deveríamos aprender com eles, pois 2014 vem aí e está tudo atrasado no Brasil. O indiano tirou muita onda com a nossa cara por termos perdido a final, disse que Ronaldinho estava bêbado. Não achei graça!!!!
Estádio simples, mas eficiente. É goooooooooool!!!!!!! kkkkkkkkkkk Visão geral do Stade de France.
Voltamos para Paris de metrô e descemos na Ópera, bem pertinho das galerias Lafayette. Vimos muitas lojas, mas achamos tudo muito caro. Até os perfumes franceses são caros!!!! kkkkkkkk Almoçamos na Pizza Hutt e decidimos andar mais. Achamos o prédio da geleria Lafayette lindíssimo por dentro com uma abóbada cheia de vitrais maravilhosos. Só grifes de luxo!!
Olha só o tamanho do carro!!!
Cansados, resolvemos voltar para o hotel. Passamos num supermercado para comprar lanches. Comprei uma garrafinha de Cabernet para tomar no quarto. Depois, fomos para a piscina novamente. Vida de turista é um saco!!!!!! kkkkkkkkkkkk
Palácio de Versalhes.
Esse foi o primeiro dia do pacote da EUROPAMUNDO que havíams contratado. Começamos pelo Palácio de Versalhes. Tinha uma fila para entrar!!!!! O ruim de viajar no verão para estes lugares é que sempre estão lotados de gente. Para andar pelos corredores era muito difícil, mal dava para fotografar alguma coisa com exclusividade, sempre tinha intruso na foto. Depois de muito sacrifício, conseguimos chegar aos jardins do palácio. Lindo, muito diferente do aquele já tínhamos visto no inverno.
Salão dos cristais - Palácio de Versalhes.
Tirei essa mesma foto no inverno. Quem quiser é só olhar o outro post da França. 
Jardins do Palácio de Versalhes.
No total, ficamos apenas três horas no palácio. Achei pouquíssimo tempo, mas como estávamos em excursão, não podíamos reclamar. Ainda bem que já conhecíamos. O jardim é imenso!!!!! Casal 20.
Saímos de Versalhes para o centro de Paris. Ficamos na Rue Rivoli, onde almoçamos e saímos para fazer o city tour pela cidade. Vimos os pontos turísticos mais famosos: o Bairro Latino, Torre Eiffel, Les Invalides, Arco do Triunfo, etc. Tudo que já tínhamos visto sozinhos nos dias anteriores, mas nunca é demais, não acha??? Paris é linda!!! Essa é a foto tradicional, todos os turistas "devem " tirar!!!! Um amontoado de ferro!!!!! kkkkk Até que é bonitinha!!!! Les Invalides, último ponto do city tour.
Depois do último ponto do city tour, nos levaram para o hotel. Tivemos uma hora para nos arrumar para visitar Montmatre. Chegamos neste bairro às 19:20 h por causa do trânsito caótico de Paris, mas nos deram tempo sufifiente. Jantamos num restaurante acanhadinho, mas bem aconchegante por dentro, que oferecia as três refeições por um preço justo. Comemos patê de fígado com pães na entrada, bife com fritas no prato principal e torta de maçã de sobremesa. Não dá pra ficar pensando nas calorias!!!!!! Ficamos em Montmatre até as 22:00 h, quando fomos para o Moulin Rouge, o mais famoso cabaré francês e acho que do mundo.
Meu marido dando uma de engraçadinho enquanto esperávamos o transporte para Montmatre. Mesmo que não estivesse de cabeça pra baixo, ele não entenderia nada!!!!!!!kkkkkk Nem eu. he he he
Famoso cabaré francês - Moulin Rouge (moinho vermelho).
Ficamos quase uma hora na fila, mas valeu a pena. Tivemos sorte, pegamos uma mesa para dois (geralmente sentam-se seis pessoas), com uma garrafa de champanhe geladinha só para nós. O show em si, não era grande coisa (dou nota 7), mas gostamos de ir. É quase obrigatório para quem vai à Paris. Saímos à 1:00 h da madrugada, meio tontos por causa da champanhe. No ponto de encontro encontramos o guia, o nosso grupo e voltamos para nosso hotel.
Entrada do Louvre. Arco do Carrossel ao fundo.
No dia seguinte, acordamos com muita dificuldade devido ao cansaço do dia anterior. Como era dia livre, decidimos fazer algo mais leve e fomos ao Museu do Louvre. Vimos as obras e as peças que não visitamos da primeira vez. Adoramos a ala de Napoleão (muito chique), a parte das pinturas e as civilizações da Grécia, Egito, Persia, etc. Vimos novamente as mais importantes, tais como a Vitória Alada, a Vênus de Milo, a Esfínge, a famosa Monalisa, etc.
Museu do Louvre.
Olha só a galera para ver a Monalisa, aquele quadrinho lá atrás!!!!
Acabei conseguindo chegar perto, depois de muitos "excuse me" e "sorry". kkkkk
Ficamos umas seis horas lá dentro e cansados de tanto andar, mas satisfeitos por termos visto com calma o que mal pudemos ver da primeira vez, resolvemos sair do Louvre para conhecer o Bairro Latino. Descemos no metrô de Saint Sulpice e como estávamos com fome, procuramos um lugar para almoçar e nada!!!!!!!!!! Acabamos achando um supermercado e compramos lanches para comer nos Jardins do Palácio de Luxemburgo. Eu queria tanto arroz com feijão!!!!!! rsrsrs
A Vênus de Milo.
Aposentos de Napoleão.
Mesinha básica para 40 pessoas. kkkkk Quer almoçar com a gente????
A múmia.
Ele adora gracinhas. Parece com quem está beijando!!!!!! kkkkkkk
Pirâmide invertida.
Gostamos muito dos Jardins do Palácio de Luxemburgo; muito mais do que o Jardin das Tullieres. Tiramos várias fotos e passeamos pelos corredores das árvores. Vimos neste jardim uma plantação de pêras e maças pela primeira vez. O fim de tarde estava magnífico, muito lindo.
Jardim do Palácio de Luxemburgo.
Jardim lindo, enorme e bem cuidado.
Muitas flores. Amei este Palácio!!!!!
Cansados por termos andado o dia inteiro e por não termos dormido direito na noite anterior, voltamos para o hotel, onde cochilamos até as 21:00 h. Depois, saímos para jantar pela última vez em Paris. Jantamos no L'Oliveir mais uma vez e voltamos para arrumar as malas. Adieu Paris, au revoir!!!!!!!

CONFIRAM TAMBÉM AS POSTAGENS:
PARIS/FRANÇA NO INVERNO
FOTOS DE PAISAGENS PELO MUNDO AFORA

15 comentários:

  1. Anônimo20:08

    Só pelas fotos dá pra ver que no verão é muiiiiiiiiito melhor mesmo!!!!!!! kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Dani Teti18:36

    Adoreeeeei!!!
    Parabens pelo blog :)
    e vou atras de vc qnd precisar viu??!! kkkk

    ResponderExcluir
  3. Oi Dani!!!!!!

    Você também foi responsável por tudo isso!!!!!!! Sua dicas são maravilhosas!!!!
    Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo20:45

    Já entrei no blog 2 vezes e você não termina essa postagem!!!!!
    Estou curioso, pois viajarei para lá em setembro.
    Vamos menina, continue!!

    Abração.

    ResponderExcluir
  5. Seria bom comentar em cada foto.....mas na moral...os lugares tds lindos....agora ler jornal de cabeça pra baixo....aí e f....
    kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Alba Rios14:42

    Adorei a postagem, as dicas são muito boas. Em setembro estarei por lá. Não tinha pensado em levar uma canga para fazer piquinique. BOA IDEIA!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Flor, seu blog esta show de bola... cada dia que passa esta mais lindo e criativo... rsrsrs

    Beijos te amo!!! Saudades

    Att.: Érica

    ResponderExcluir
  8. Oi gente!!!!!!
    Finalmente consegui terminar o relato. Enquanto escrevia, morria de saudades de Paris!!
    Obrigada Tico, Alba e Érica. Voltem sempre!!! kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. Anônimo23:32

    Rose vc já foi ou conhece alguém q foi em maio? mto frio?

    Bjos adorei o relato!!!

    ResponderExcluir
  10. Que bom que você gostou do blog.

    Infelizmente não conheço ninguem que tenha ido em maio, mas quando viajamos pela primeira vez era mês de junho (DÊ UMA OLHADA NO POST DE PARIS/FRANÇA 2010) e já estava frio pra caramba. Acredito que em maio já esteja bem frio por lá. É melhor você ir preparada.

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  11. Ruth12:33

    Mês de maio lá já é bastante frio!!!!!

    ResponderExcluir
  12. Eu sou da época em que só viajavam os MUITO RICOS. Com as facilidades de pagamento hoje em dia, fico feliz em saber que qualquer pessoa pode realizar seus sonhos. Parabéns pelas conquistas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é realmente uma vantagem!!! Tem viagens que fazemos e a gente ainda fica pagando uns 6 meses depois da volta!!!!KKKKK Mas é assim mesmo, sem esforço não há realizações, não é?
      Abçs

      Excluir
  13. Olá Rose Vital da proxima vez que for no verão tente arranjar alguns dias pra fazer um trecho pelo menos do Loire a Velo e lindo demais tem quase 180 km de ciclovia nas margens do rio loire entre castelos, mansões e monumentos é uma hora de trem de paris e alugam bicicletas por dia pode devolve até em outra cidade
    http://www.touraineloirevalley.com/je-prends-l-air/la-loire-a-velo-et-autres-sorties-velo/l-itineraire-de-la-loire-a-velo

    Abcs Parabens pelo blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kbeça
      Suas dicas já estão anotadas. Realmente, nos faltou conhecer um pouco do Vale do Loire, coisa que faremos em nossa próxima viagem para a França!!!!!!!!!

      Um grande abraço.

      Excluir

ESTE ESPAÇO É SEU. SINTA-SE À VONTADE!!! COMENTE, PERGUNTE, CRITIQUE, PARTICIPE!!!