terça-feira

BUDAPEST NA HUNGRIA

Budapest - Hungria.
Budapeste é uma cidade encantadora, cortada pelo famoso Rio Danúbio, que atravessa vários países da Europa. De um lado do rio fica a cidade de Buda e do outro, a cidade de Pest (fundadas há mais de dois mil anos), que em 1873 resolveram se unir para formar uma só cidade, mais forte, mais desenvolvida. Em Buda se localizam os monumentos mais importantes e em Pest fica o centro comercial. O idioma é o húngaro e poucos falam o alemão, mas dá pra se virar bem com inglês.
Ponte Elisabeth Bridge ao fundo.
Chegamos em Budapest às 18:00 (dia claro ainda, pois era verão), fizemos o check in no hotel, tomamos banho e saímos logo para tentar fazer um passeio de barco pelo Danúbio à noite. A cidade é bem bonita, tudo bem estruturado, ruas largas. Andamos um bocado, porque o hotel era relativamente perto do centro comercial. No pier, antes de comprar os tickets para o passeio de barco.
Chegamos no cais e vimos logo que valia à pena fazer o passeio de barco, pois além de não ser caro (¢7,50 por pessoa) comparando à outros passeios que já fizemos na Europa, o local já era muito lindo de dia, imaginem à noite!!!! Compramos os tickets para o barco das 22:00. Para matar o tempo até lá, resolvemos conhecer alguns pontos da cidade.A noite estava maravilhosa!!!! Eram 20:00 h quando tiramos esta foto. Calçadão com muitos camelôs - os brinquedos de madeira são típicos de lá.
Passeamos pelo Calçadão, entramos em lojinhas de produtos típicos e de artesanato local, visitamos os camelôs, etc. Andamos um bocado até dar aquela sede!!!! Resolvemos tomar umas cervejas em um dos bares do calçadão. Bem legal isso, por que enquanto bebemos, descansamos e de quebra observamos os costumes locais e com isso aprendemos bastante. Na verdade, viajar é um aprendizado constante. Calçadão amplo.
Monumentos cheios de detalhes embelezam a cidade.
Budapeste é tranquila, não há aquela muvuca de turistas que vemos em Paris e Londres. Tudo tão tranquilo que parecia domingo. Antes de voltar para o cais, fizemos um lanche rápido na Burguer King do próprio calçadão. Pegamos o barco e passamos uma hora navegando pelo Danúbio observando todos os monumentos e prédios históricos iluminados. Lindo!!!!!!
Já no barco, antes de fazer o passeio pelo rio Danúbio.
Budapeste tem vários monumentos iluminados belíssimos. Tiramos muitas fotos das paisagens, tomamos uns drinks à bordo, aproveitamos o clima de romance no ar. Na verdade, a cidade é muito romântica à noite.

Os monumentos iluminados são um charme à parte.
Passeio de barco pelo rio Danúbio.
Cidade romântica.
A lua cheia apareceu para embelezar mais ainda.
Palácio Real. Muito lindo!!!
O passeio de barco pelo Danúbio durou cerca de uma hora. Valeu muito à pena, eu recomendo à todos que forem lá fazerem esse passeio também. Voltamos a pé para o hotel felizes da vida!!!
O Parlamento Húngaro do outro lado do rio.
Saímos para o city tour às 9:00 no dia seguinte. A cidade é magnífica, linda mesmo e sem falar que estava fazendo um calor de rachar. Começamos pela cidade de Buda, que significa águas termais. Conhecemos a igreja de Matias, bem no alto da colina. Alías, Buda tem colinas e Pest não tem, é plana. Tivemos tempo para conhecer bem o local. Tiramos fotos da igreja de Matias por fora, pois tinha que pagar para entrar.


Igreja de Matias.
Depois fomos ao mirante que tem logo um pouco abaixo da igreja. A vista é linda, estonteante mesmo. Tiramos várias fotos do local e de lá, caminhando na mesma colina, resolvemos ir para o Castelo do Palácio Real, que hoje em dia não é mais palácio, e sim, uma biblioteca. Mas não perdeu a majestade, continua lindo. Tiramos muitas fotos dele e da paisagem abaixo dele.
Foto tirada no mirante do lado de Buda.
Ficamos encantados com a cidade. Na verdade, em Budapeste o Rio Danúbio não é azul. É esverdeado.
Ficamos até as 12:10, quando continuamos a fazer o passeio panorâmico. Passamos pela Elisabeth Bridge (Ponte Sissi), pela Liberty Bridge (ponte verde). Pela Sinagoga, pelo Parlamento e paramos na praça dos heróis.
Praça do Heróis.
A Praça dos heróis é imensa, com um monumento no centro com cavalos lindos e dois arcos parecendo colunas romanas, que simbolizavam os vultos históricos da Hungria; a invasão dos turcos; da Áustria; dos Nazistas e finalmente dos comunistas da antiga URSS. Agora, a Hungria é um país em paz. Tomara que continue assim.

A praça do Heróis é muito significativa para os Húngaros.
Depois do city tour, nos deixaram no calçadão de Pest, onde fomos conhecer o Market Hall (o mercado deles). Limpo, arrumado e sem aquele cheiro insuportável de peixe que muitos mercados brasileiros têm. Tudo na geladeira, com espaço para tudo. Barracas de temperos, de comida, ervas, artesanato e até restaurantes dentro. Lindo. Compramos algumas lembrancinhas de artesanato típico local .
Market Hall (mercado). Dentro do mercado, tudo bem limpo e em ordem.
Saímos de lá e cruzamos o centro da cidade pelo calçadão até a Basílica de São Estevão, mas não entramos, só tiramos fotos da fachada. Já tínhamos visitado muitas igrejas ao longo da Europa, então não tínhamos imteresse. Continuamos andando até o Szabadság Tér (fonte termal), onde tinha um monte de gente tomando banho em praça pública. As pessoas tomavam banho nos chafarizes e se bronzeavam na grama. Coisa estranha para nós que vivemos em um país tropical, com muitas praias à disposição.
Basílica de São Estevão.
Parlamento Húngaro.
Continuamos passeando pela cidade até o Parlamento, mas infelizmente não pudemos entrar e nem tiramos fotos da frente dele, só da lateral (onde era permitido). Muita segurança, pois os parlamentares estavam trabalhando àquela hora (eram aproximadamente 17:00 h). Coisa rara de acontecer aqui no Brasil.Detalhes da lateral do Parlamento.
Como não iria dar para fotografar o Parlemento por dentro, resolvemos voltar para o calçadão, mas no caminho achamos um barzinho bem legal com as mesas na calçada, e como a sede estava matando, decidimos parar. Tomamos três Weissbier (cerveja de trigo - DELICIOSA!!!!) e um suco que a gente não entendeu quando pediu. Na verdade a gente arriscou, pois o cardápio estava escrito na língua deles e ninguém no bar falava inglês. Quando veio foi suco de tomate. Suco salgado e apimentado. Uma merda!!!!!!!!!!!!!! Adilson pediu uma fanta de cereja pra rebater. Demos várias risadas!!!!!!!!!!!!! Mas não é que ele tomou o suco todo???Qualquer semelhança é pura coincidência!!! kkkkk
Voltamos para o hotel a pé e na volta encontramos esta figura interessante no caminho. É uma estátua de bronze bem no meio do calçadão. A fome bateu, então resolvemos jantar em uma pizzaria italiana perto do hotel. Comida boa, bebida idem. Ficamos batendo papo até o anoitecer (por volta das 22:00) e só depois voltamos para o hotel.
Ah, Paulo Coelho é famosão por lá!!! Vimos várias livrarias como esta vendendo seus livros.
No dia seguinte, bem cedo, saímos de Budapeste em direção à Eslováquia. Adoramos esta cidade encantadora, cheia de belezas!!!!!!! O Danúbio é lindo mesmo!!!!!! No verão, é tão lindo que nos faz entender o por quê de Strauss ter composto tão bela valsa com seu nome!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ESTE ESPAÇO É SEU. SINTA-SE À VONTADE!!! COMENTE, PERGUNTE, CRITIQUE, PARTICIPE!!!