quinta-feira

ALEMANHA COM GOSLAR, BERLIM E DRESDEN

GOSLARGoslar - interior da Alemanha.
Chegamos na cidade de Goslar às 11.30 da manhã, vindos de Hannover, também na Alemanha, onde pernoitamos na noite anterior. GOSLAR é uma cidade típica e medieval da Alemanha e uma vez lá, seguimos direto para a praça central para ver o relógio do cuco, o mais tradicional da cidade, que apresenta um número bem interessante quando o relógio dá as 12 badaladas.

Cidade medieval, com ruas de pedra e tudo bem limpinho.

Praça do Relógio do Cuco.
Na verdade, no relógio cuco não havia pássaro, mas uns personagens que saíam das janelas do prédio do relógio enquanto tocava uma musiquinha tradicional alemã.
Cidadezinha linda!!!!! Muito pacata.

Olhem só os detalhes do prédio rosa, que na verdade é um hotel.
Depois do cuco, resolvemos passear de trenzinho turístico para conhecer melhor a cidade, mas não gostamos muito, pois as explicações eram em alemão e em inglês com um sotaque quase incompreensível!!!. Depois tivemos tempo livre para passear pela cidade. Visitamos várias lojas de artesanatos, pois o produto típico da cidade medieval são as bruxas em miniatura. Engraçado, não????? Acho que queimaram muitas bruxas por lá.
video
Vídeo da cidade de Goslar na Alemanha.
Ruas de Goslar. Construções medievais feitas de pedras.
Compramos umas lembrancinhas e resolvemos nos perder pelas ruas estreitas com suas casas feitas de pedra. A cidadezinha era um charme, mas só em pensar em morar lá, me dava arrepios!! Não há nada para se fazer e além do mais, no inverno faz 25° negativos!!!
Riozinho que corta a cidade e dá o maior charme.
Tiramos muitas fotos do palácio do Kaiser (imperador) e almoçamos em um dos restaurantes típicos do local. Comemos a famosa salsicha alemã com a sua cerveja MARAVILHOSA!!!!! Como a cerveja deles é boa!!! Só de pensar... hum!!!
Goslar.
Saímos de Goslar no final da tarde e seguimos viagem até Berlim, onde chegamos às 20:00, mas com o dia ainda muito claro. Fomos direto para o hotel, mas não gostamos, pois ficava longe demais do centro, num bairro residencial sem atrativos turísticos. Tomamos banho, nos arrumamos, mas não saímos para longe. Resolvemos comer perto do hotel em um restaurante bem típico e pedimos um prato com um nome impronunciável, pensando que era joelho de porco, mas quando veio o prato era pernil empanado com batatas fritas mergulhados no óleo!!!!!!!! Haja calorias.
BERLIM Portão de Brandemburgo símbolo de Berlim.Acho que em cada refeição dessas tinha mais de 1.000 calorias. Comemos o prato assim mesmo acompanhado com uma caneca chopp de 1 litro pra rebater!!!!! Aproveitamos para conversar e planejar com o mapa da cidade, a programação do dia seguinte. Voltamos para o hotel com o estômago lotado e cama!!!
Portão de Brandemburgo - Berlim.
No dia seguinte, saímos cedo para o city tour. Conhecemos as mais importantes localidades de Berlim, uma cidade grande, moderna, que foi totalmente reconstruída depois da segunda grande guerra. Ruas de Berlim.
Na visita panorâmica, descemos em apenas dois pontos: o Portão de Brandemburgo e no fragmento do muro de Berlim; antes passamos pela coluna da Vitória, pelo Charlottemburg, pela Alexander Platz e seu restaurante giratório. Terminamos o city tour na frente do zoo (havia um tipo de terminal de transportes lá) e ficamos livres para fazermos o que quiséssemos. Um bosque no meio da cidade!!!!
Compramos o ticket de um dia para ônibus e metrô (que achamos meio difícil de localizar as linhas, se comparado ao de Londres e ao de Paris) e fomos direto para a Coluna da Vitória, mas acabamos descendo 2 pontos antes, por causa de um bosque maravilhoso que vimos dirante o trajeto. Um bosque no meio da cidade!!!!!!! Tudo verdinho.
video


Coluna da Vitória.
Muito bonita, chegamos até ela por um caminho subterrâneo que foi construído para não atrapalhar o tráfego. Tiramos várias fotos e nos embananamos na hora de voltar, pois o mapa era bastante ruim.


Depois de conhecermos a Coluna da Vitória, pegamos o ônibus da linha 100 e descemos bem pertinho do Portão de Brandemburgo e resolvemos dar uma volta pela região que estava lotada de turistas como nós. Resolvemos almoçar em um restaurante quase em frente ao Portão e aproveitar para ver o movimento das pessoas enquanto almoçávamos.

Almoço light!!!!!!!
Pedimos a famosa lingüiça alemã com batatas fritas e cerveja para acompanhar, afinal estávamos na Alemanha, não iríamos comer pizza!!!! Depois do almoço, saímos procurando o museu do Holocausto. Museu do Holocausto - monumento aos judeus mortos na II Guerra.
O museu tinha um monumento gigantesco em homenagem aos judeus alemães que morreram na guerra. A parte dos documentos e arquivos do museu ficava no subterrâneo. NÃO DÁ PARA DESCREVER AQUI O QUE ESTÁ EXPOSTO LÁ DENTRO!!!!!! Pode se passar 1000 anos que a vergonha não passará. Diante das coisas expostas, me veio um sentimento de revolta por tudo que foi cometido contra aquele povo. Vimos de perto detalhes e fotos terríveis e desesperadoras. Saímos de lá muito abalados.

Parte do Muro de Berlim.
Tivemos que dar um tempo para nos recuperar antes de darmos continuidade aos nossos planos. Procuramos o museu do Muro de Berlim, chamado “Topografia do Terror”, que contém todas as informações da SS e da Gestapo de Hittler da época da II Guerra e do Holocausto. Museu do Nazismo.Vimos de perto a logística da II guerra e a organização em torno do genocídio dos judeus. Tudo bem planejado e cumprido à risca pelos nazistas.
Em apenas um dia, vimos o sofrimento dos judeus e a organização do genocídio por parte dos alemães, ou seja, vimos os dois lados da moeda. Uma verdadeira avalanche de informações que nos tocou muito.
Muro de Berlim ao fundo.Saímos de lá terrivelmente cansados, deprimidos e envergonhados com tudo que os nazistas causaram. Tanto sofrimento!! Pra quê?????
A gente lê, mas é difícil acreditar que aconteceu mesmo!!!!Alexsander Platz.Precisávamos mudar de ares, então procuramos a Alexander Platz para conhecer o restaurante giratório, mas não subimos, não conseguimos achar informações suficientes para saber se podia subir apenas ou tinha que reservar mesa, etc, etc. Desistimos.
Restaurante panorâmico lá no topo.Ficamos perambulando pelo local, tiramos fotos, tomamos sorvetes e lanchamos por lá. No fim da tarde, resolvemos voltar para a frente do Zoo para pegar o metrô e voltar para o hotel.
Berlim tem praças amplas.
video


Aprendemos muitas coisas importantes com a visita à Berlim.
Jantamos em uma cantina italiana próxima ao hotel (chega de porco e fritas) e encontramos uns amigos de viagem que estavam lá. Tomamos várias cervejas!!!!! Contamos piadas e rimos à vontade!!!

DRESDENDresden, cidade medieval reconstruída depois da querra.
No dia seguinte, saímos de Berlim às 8:00. Seguimos viagem até Dresden, cidade onde esta sendo realizada a Copa do Mundo de futebol feminino. Chegamos às 10:00 e ficamos extasiados com a beleza da cidade.


Rio Elba.
Acho que foi por isso que eles resolveram fazer a Copa lá. Esta era a última cidade da Alemanha que visitamos entra de entrar na República Tcheca, para continuarmos o passeio pela Europa. Cheia de monumentos e prédios lindíssimos, rodeada pelo rio Elba, a cidade estava em polvorosa por causa da Copa.

Monumentos de Dresden.
Estava cheia de turistas do mundo todo!!!! A estrutura que foi montada para atender a todos foi fenomenal!!! Passeios de barco, bares atendendo em sistema especial, pintores, escultores, gente fazendo arte à céu aberto para ganhar uns trocadinhos, etc. Ruas cheias de restaurantes e cafés.Tivemos tempo pra conhecer tudo mais de perto, vonhecemos a praça do teatro, a igreja católica, a luterana, passeamos pelas ruas ao lado do rio, tomamos sorvete, tiramos fotos, etc. Todos os lugares em que passávamos, havia uma surpresa arquitetônica.
Cidade linda, dia lindo... tudo lindo!!!!Almoçamos em um restaurante que servia “churrasco”, mas fomos enganados pela propaganda!!!!! Pagamos uma fábula em 150 gramas de carne com umas batatinhas fritas!!!! Comemos mal e pagamos muito!!!!!!

Depois do almoço, continuamos passeando pela cidade, compramos lembrancinhas, tomamos sorvete de novo e em cada rua que entrávamos, havia uma coisa bonita para se fotografar, sem falar que o dia estava magnífico!!!!!

Procurando um lugar para almoçar.

Caindo de boca no salsichão!!!!!! kkkkk

Logo pelo início da tarde, bateu aquela fome, pois o almoço foi uma enganação. Aí, resolvemos cair no famoso salsichão alemão!!!!!!!! Sentamos em um quiosque e mandamos ver!!!!! Salsichão, pão e cerveja! Uma delícia.


Construções lindas e tudo limpinho.

Igreja luterana Frauenkirche.

Ruas de Goslar.
No final da tarde, saímos de lá em direção à República Tcheca, mas Dresden nos impressionou demais, cidade linda mesmo!!
video

5 comentários:

  1. Olhe esse blog está de altissíma qualidade todas as fotos interessantes um assunto original e as fotos de alta qualidade parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Anônimo19:26

    Caramba, o Adilson é chagdão numa linguiça alemã!!! E da linguça brasileira, ele é chagado também????

    Agora sem brincadeira, o blog está fantástico!!!!

    ResponderExcluir
  3. olá...estou indo viver em Dresden com meu esposo e uma filhinha...estou anciosa e depois de ler seus posts... acho que irei gostar muito da cidade!!! me conte mais...
    abraço
    Ana Gaspar

    ResponderExcluir
  4. marcos11:29

    Excelente postagem, muito informativa para quem vai viajar para a Alemanha. Os vídeos estão ótimos.
    Estou de viagem marcada para maio próximo.
    Abração.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo16:23

    Lindo os lugares...Adorei belas fotos

    ResponderExcluir

ESTE ESPAÇO É SEU. SINTA-SE À VONTADE!!! COMENTE, PERGUNTE, CRITIQUE, PARTICIPE!!!